Blog do Varejo


DEMOCRADURA: ESTÃO GASTANDO NOSSOS BILHÕES SEM NOS CONSULTAR

POR GERAÇÕES EDUARDO PAES FICARÁ EM NOSSAS LEMBRANÇAS

Cada Bilhão que o ex-futuro prefeito do Rio gasta, custa 500 reais aos cariocas. Você já fez as contas?!?

O que um país carente em educação e infra estrutura em geral, passando por saúde, transportes, segurança e etc pode fazer com uma verba de R$ 1 BILHÃO, um número por si só tão maiúsculo?

E um estado de nossa federação? E a nossa cidade maravilhosa de São Sebastião do Rio de Janeiro, já invocando seu nome santo, pode fazer com este dinheiro todo, que significa R$ 500,00/ano per capita de cada cidadão carioca em atividade produtiva? São mais de 40/ mês de cada um de nós, grande parte dos quais votamos no prefeito Eduardo Paes.

Dinheiro PúblicoCitamos o atual prefeito do Rio porque já sabemos o que outros prefeitos de nossa cidade fizeram recentemente com os nossos suados bilhões. Não podendo fazer uma Efínge egípcia, andaram plantando no coração da nova Barra da Tijuca um autêntico elefante branco, sim, com com grife francesa. Ah, então assim pode? Mas o elefante não é um zoológico para abrigar animais selvagens, alguns em extinção, para a memória viva das gerações futuras. Não, o 'monstrego', que é uma agressão visual, um autêntico biombo cobrindo uma das vistas mais extraordinárias da cidade, a Pedra da Gávea e as montanhas no entorno, nasceu para acolher manifestações de música clássica, algo que talvez nem o prefeito de Viena teria coragem de erguer. Com uma justificativa destas, e por tantas outra manifestações descoladas da população, esta repudiou mortalmente o prefeito de então, e toda a sua trupe se viu prejudicada, por uma conta tão disparatada.

Mas a capacidade de respeito e aprendizado dos políticos, mesmos os mais novos e aparentemente promissores, é desprezível e a repetição dos erros e desacertos até tem aumentado, na medida em que as verbas aumentam, com a progressão da fatia de impostos cobrados aos cidadãos, desde os mais humildes.

Poderíamos falar dos autênticos descalabros que representam a minimização do Maracanã, que depois de 500 milhões de reformas nas últimas décadas, conseguiu ser reformado para caber menos de metade dos torcedores de 1950. E, como cereja ao contrário do bolo, a ordem é derrubar o Estádio de Atletismo Célio de Barros, democrático celeiro de um punhado de perseverantes atletas, que perderão o último resquício de apoio para a construção de uma carreira olímpica ou, ao menos, uma modesta e decente vida de treinador e instrutor de candidatos à atletas. Justo no momento em que deveríamos estar prestigiando os atletas, derrubamos este celeiro sem antes, ao menos, providenciar uma alternativa para desenvolver estas atividades.

Repete-se uma outra história, que vem perseguindo o Autódromo Internacional de Jacarepaguá, de reputação mundial, um dos prediletos da Fórmula 1. Desde os Jogos Pan Americanos o autódromo vinha sendo literalmente invadido por outras atividades estranhas àquele esporte, sempre com a promessa de sua revitalização. Agora, o futuro inesquecível prefeito, deu um tiro de misericórdia no autódromo, fechando suas portas em definitivo, prometendo reergue-lo em Marechal Hermes, justo num terreno infestado de aparatos bélicos, esparramados de tal forma por uma explosão ocorrida há 2 décadas em um depósito do Exército, que um de seus profissionais Sargento lá perdeu a sua vida enquanto realizava um treinamento cerca de 10 anos atrás. Mais um verdadeiro 'presente de grego' na conta do futuro ex-prefeito para a população da cidade que, de quebra, vai ter que gastar quilômetros de reais para a construção do novo autódromo. Alguém saberia estimar quanto? Podemo imaginar, nestas contas municipais estes 'importantes' investimentos geralmente tem de 9 à 10 dígitos. Quem quiser ir se provisionando em mais 500 reais, nada mais estará fazendo do que acreditar que o prefeito vai apresentar mais esta conta.

Acreditamos que o prefeito, por tantas que vem fazendo, vai ficar na memória de todos nós por uma façanha ainda mais surpreendente: vai derrubar um pedaço da perimetral e cavar um monumental buraco ao lado da Baia de Guanabara, onde será necessário um complexo e dispendioso sistema de contenção do lençol d'água, tudo para construir um mergulhão, em nome de embelezar a área do Porto, já chamado de Maravilha. O que é, afinal, um mergulhão? Para que mora no Rio, basta ir à Praça XV, enquanto que no Centro de São Paulo também se pode constatar: trata-se de um túnel em baixo da terra, quanto mais extenso mais fétido, quanto mais engarrafamento mais fétido ainda e que, em época de chuvas torrenciais, não é incomum que se transformem em enormes piscinas intrafegáveis.

Quem circula pelo Rio de Janeiro hoje, constata que a Perimetral é uma competente solução rodoviária de circulação e mobilidade entre importantes pontos da cidade. Pelos frequentes engarrafamentos diários, vai entender também que a via já atingiu a saturação, esperando-se medidas que possam desafoga-la. Afinal, é provável que circulem cerca de 100 mil automóveis por dia útil. Não! Nosso memorável prefeito prefere gastar outro Bilhão – ele de novo, nada como ter para gastar – e esconder a sujeira debaixo do tapete, obrigando os cidadãos engarrafarem dentro de um ambiente fechado e inóspito. E isto para todo o sempre, se não vier outro 'iluminado' para desfazer tudo por mais um troco.

 

Por tudo isto afirmamos que este futuro ex-prefeito será um dos mais memoráveis administradores da história da cidade. Além de nossos neurônios registrarem com tantas fortes cores esta 'notável' administração, nossos alvéolos também poderão guardar sequelas por tanto monóxido de carbono que adicionaremos às nossas vidas, daqueles que se dirigem ao Centro do Rio diuturnamente. Mais que isto, o ex-futuro prefeito marcará a vida de nossos descendentes, filhos, netos, bisnetos e mais quem vier que, mesmo sem placa de inauguração, serão lembrados por nós da justa homenagem que deveríamos prestar, nomeando este trecho da Perimetral como: O MERGULHÃO DO EDUARDO PAES. E que Deus lhe proteja nas próximas eleições. Ele vai precisar!

Veja também ótimo texto no Portal da Cidadania=> 

Demolição da Perimetral - e a saúde da população e o patrimônio cultural onde ficam?

Porto Maravilha



Escrito por edubuys às 21h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Realismo Fantástico: Quando a Realidade é mais Fantástica do que a Ficção

VOVÓ LOVE STORY 

No final da década de '70, um jovem de nome Régis, nascido em Inga, na Paraíba, ganhando o mundo veio parar no Rio de Janeiro, mais precisamente no então famoso Motel Playboy, onde arranjou emprego. O endereço era conhecido como Rua do Pecado, no começo da então longínqua Barra da Tijuca, local que concentrava a maioria dos motéis da cidade.

Na mesma ocasião, vinda de Nova Russas, no Ceará, separada de um relacionamento difícil, impossível de manter apesar de 4 filhas, a jovem Eulália, depois conhecida por Lalá, também conseguiu uma vaga no mesmo mais famoso dos motéis.

Aconteceu, então, o primeiro improvável desta história: tão apaixonados que ficaram, que Régis e Lalá montaram um ninho de amor, que todos chamavam de barraco, no ainda incipiente Rio das Pedras, não muito longe da Rua dos Motéis.

Ano após ano, foram edificando sua história, num país tão dificil quanto mais para quem está mais na base da pirâmide. Cresceram na união e, aos poucos, foram resgatando de Nova Russas uma à uma das 4 filhas de Lalá.

Já com todas as meninas no Rio, assumindo suas responsabilidades, Régis se viu premiado com 4 filhas: privilégio de quem teve coragem de enfrentar a vida, agora Régis tinha cinco amores.

A família cresceu, sempre enfrentando as naturais dificuldades de uma vida dura, todos unidos seguiram em frente.

Hoje, as filhas de Lalá e Régis já lhes deram 20 netos e 3 bisnetos.

A história poderia se encerrar por aqui, mas Seu Régis não deixa: pediu a Dona Eulália em casamento. Sim, de 'papel passado' e tudo o mais, na Igreja, com pastor e convidados.

Verdade verdadeira, quem narrou esta incrível história foi uma das orgulhosas netas, Cynthia Cunha, que nos enviou até a foto que ilustra este texto.

Quem quiser saber mais, basta olhar em profundidade para os lados e vai entender que o Brasil assim é construído, por gente de qualidade, que não se verga nem às dificuldades da vida e nem às facilidades dos caminhos mais fáceis.

Esta história, para quem crê, não soa como novidade mas, é quase certeza que aqueles que não creem nem chegarão ao final deste texto. E, por isto mesmo, tem tanta dificuldade em encontrar felicidade e alegria em separar o joio do trigo.

Nota do Editor: regras são regras quando se pratica a exceção, se não não é regra. Em pouco mais de 7 anos de Blog do varejo, não creio que tenha publicado nenhum case, texto ou história - o que for, que não fosse de cunho estritamente profissional, que se pudesse chamar de 'crônica da vida real'. E olhe que oportunidade não faltou. Esta honrosa exceção se explica pelo fascínio dos fatos verídicos e pela minha incapacidade em conseguir que algum de meus inúmeros amigos jornalistas e ou blogueiros pautasse o assunto à tempo, antes do casamento que é ....HOJE, 6/6/2013! (Eduardo Buys)

 



Escrito por edubuys às 07h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  Link
  Objeto de Desejo
Outros sites
  Conversando com Dr. Adriano Daudt
  BrasilPossível
  TottalMarketing
  De Tudo, Um Pouco LLeitão
  SENAC
  Boa Chance O Globo
  Maintrends Consultoria & Marketing !
  alshop
  Varejo On Line VOL
  Mulheres Perfeitas !!
  VOTO LIMPO !!
  UOL - O melhor conteúdo
  SEBRAE
  My Blog Log
  Blog da LUCIA HIPOLLITO
  Gestor de Vendas
  Business Networks Management
  ADVERBOX
  FundamentalConteúdo
  Blog de Guerrilha
  TechCrunch
  Peccato Costura Mais +
  Blog Search Google
  Adicionem o seu site em nosso blog do Varejo
  Centro de Estudo e Pesquisa do Varejo MBA de Varejo e Serviços
   BlogBlogs.Com.Br
   >!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0],p=/^http:/.test(d.location)?'http':'https';if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=p+'://platform.twitter.com/widgets.js';fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document, 'script', 'twitter-wjs');" target="_blank">TWITTER
Votação
  Dê uma nota para meu blog